segunda-feira, 31 de outubro de 2022

A BOA NOVA: FORAM DERROTADOS, SIMULTANEAMENTE, O BOLSONARISMO E O LULOPETISMO

Correntes de pensamento que habitavam o mundo concretamente na primeira metade do Séc. XX chegaram até nós, em pleno 2022, como espectros ameaçadores.

Como fantasmas ideológicos eles ainda nos assombram e dividem.


Pior ainda, suas concepções estiveram até agora a nos empurrar para uma luta fratricida. Os fantasmas do fascismo e do comunismo movem fanáticos mas não são reais.

Mas, mesmo ireais, muitos se mobilizam fanaticamente para combatê-los! Enquanto isso, o comunismo e o fascismo são insignificantes na sociedade brasileira como forças políticas reais!

A nossa luta não é sequer entre a esquerda e a direita, mas muitos acreditam nisso! O lulopetismo e o bolsonarismo, que nos convocam a lutar contra fantasmas, são os representantes deste mundo fantasmagórico do passado, mas muitos acreditam neles!

O que nos divide, realmente, é a luta entre o desenvolvimento da democracia e as forças do atraso que o bloqueiam. Nossa luta é para erradicar a pobreza e a miséria, e para liberar as forças da prosperidade e do progresso, baseadas no conhecimento e na ciência. O nosso inimigo é o populismo, o patrimonialismo e as forças que cultuam o assalto ao Estado, não importa a sua cor ideológica!

Precisamos restabelecer a confiança nos políticos, na política e na democracia.

O resultado das eleições presidenciais de 2022, cujo 2º turno terminou no dia 30 de outubro, nos trouxe duas boas novas. Sobretudo, são oportunidades para o Brasil, pois, observem: o bolsonarismo e o lulopetismo, ambos, foram derrotados eleitoralmente, cada um à sua maneira.

Em 30/10 Lula venceu Bolsonaro por apenas 2.139.645 votos, uma pequena margem, a menor, percentualmente, de todas as eleições presidenciais desde 1989. É certo que o bolsonarismo foi derrotado! Mas essa não foi uma vitória do lulopetismo. Ao contrário, dezenas de milhões de democratas votaram em Lula desde o 1º turno não por saudades do PT, mas para se livrarem de Bolsonaro, de sua incompetência, de seu negacionismo, de sua psicopatia e, principalmente, de suas ameaças à democracia!

Embora os seus fantasmas, renitentemente, continuarão a querer nos assombrar, historicamente, eles estão derrotados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário